BBC: Reforma trabalhista passa na Câmara: saiba o que pode mudar para os trabalhadores


A Câmara dos Deputados aprovou nesta quarta-feira uma ampla reforma trabalhista, com a promessa de que a "modernização" da legislação vai contribuir para a geração de empregos. Críticos das mudanças dizem que ela precariza as condições de trabalho e não vai gerar novas vagas, já que isso dependeria na verdade de aumentos dos investimentos e consumo.

O projeto de lei aprovado, bem mais amplo que a proposta originalmente encaminhada pelo governo em dezembro, altera mais de cem pontos da CLT (Consolidação das Leis Trabalhistas). A matéria agora segue para análise do Senado.

Na Câmara, foram 296 votos pela reforma e 177 contra - para aprovar a reforma da Previdência será necessário o apoio de pelo menos 308 deputados, já que altera a Constituição.

Boia de combustível do New Fit


Faz uns meses que a boia de combustível parou de funcionar direito. As vezes estava ok, mas de repente parava de funcionar e indicava tanque vazio, acendendo a luz da reserva e com o ponteiro lá em baixo.

Estive no meu mecânico de confiança e ouvi dele que era melhor "deixar quieto". Segundo ele, para ter acesso à boia era preciso fazer um serviço muito maior e mais caro do que pode se supor. A boia em si já era cara, mesmo a de segunda linha.

João Pessoa recebe Feirão Volkswagen 2017


João Pessoa vai receber, esta semana, o Feirão Volkswagen 2017, com condições diferenciadas para aquisição de veículos novos e seminovos. A promoção ocorrerá de quinta-feira a sábado (15 a 17 de dezembro) na avenida Ruy Carneiro (ao lado do McDonalds), numa ação conjunta da Volkswagen com as concessionárias Promac e Mais VW. Com isso, os consumidores pessoenses terão a oportunidade de iniciar o novo ano com um carro zero quilômetro na garagem a preços mais acessíveis.

Na quinta e sexta-feira, o atendimento será das 10h às 19h. No sábado, das 9h às 17h. Fazem parte da campanha os modelos Amarok, GOL, Voyage, UP, Jetta e Golf. Atualmente, os veículos da marca Volkswagen mais procurados pelos paraibanos são GOL, Fox e UP.

BMW anuncia para 2013 produção da versão híbrida do Série 5 na China


A BMW Brilliance Automotive, joint-venture das companhias alemã e chinesa, apresentará no Salão de Xangai (China), neste mês, o conceito de um sedã premium híbrido. A inciativa abre caminho para a empresa comercializar veículos de luxo com apelo ecológico no mercado chinês. O protótipo é baseado na versão sedã do BMW Série 5, desenvolvido exclusivamente para o mercado chinês e produzido na fábrica de Shenyang. O início da produção do modelo está prevista para 2013.

O sistema híbrido paralelo do modelo combina um motor de combustão turbo com um motor elétrico. O motor elétrico extrai a energia de uma moderna bateria de alta voltagem, localizada no compartimento de bagagem. Ela pode ser recarregada através da rede eléctrica.

De acordo com a BMW, o motor elétrico pode funcionar sozinho por 75 quilômetros, caso o carro fique em velocidade constante de até 60 km/h. O uso do motor a combustão fornece um conjunto adicional de 400 quilômetros.

O Grupo BMW investe em projetos que apoiam o lançamento de veículos movidos a eletricidade na China. Com a parceria da Universidade Tongji em Xangai, foi possível o desenvolvimento de um BMW Série 5 sedã totalmente elétrico. Outro carro em testes é o elétrico Mini E. Já o BMW ActiveE, modelo também totalmente elétrico e com base no BMW Série 1 Coupé, será colocada para rodar na China já neste ano.

Do G1

Toyota vende 1 milhão de unidades do Prius nos Estados Unidos


A Toyota anunciou nesta quarta-feira (6) que atingiu a marca de 1 milhão de modelos do Prius vendidos nos Estados Unidos. Na verdade, a montadora conseguiu alncaçar outras duas marcas importantes nos últimos meses. Em outubro de 2010, 2 milhões de unidades foram vendidas. No último mês o número pulou para 3 milhões de modelos vendidos em todo o mundo.

A primeira geração do Prius foi lançada em 1997. O carro desembarcou na Europa e nos EUA em 2000 e a segunda geração foi lançada em 2009. Hoje, o carro é vendido em cerca de 70 países, segunda a montadora. Para conquistar ainda mais o mercado a Toyota já está produzindo a terceira geração do veículo, que deve ser o primeiro carro híbrido movido à gás produzido em massa.

Na época, a Honda chegou a afirmar que, com o fim dos subsídios do governo para carros verdes prejudicaram as vendas do Prius depois da liderança do mercado japonês por quase 20 meses seguidos.No entanto, em janeiro deste ano, a Toyota sofreu uma derrota para a concorrente Honda, que obteve um crescimento de 14% nas vendas do Fit, ultrapassando o Prius e se tornando o mais vendido no Japão.

Do G1

Microsoft e Toyota fazem parceria para rede digital em carros

A Microsoft e a Toyota divulgaram um plano de parceria nesta quarta-feira (6) para levar serviços conectados à internet a veículos da montadora japonesa.

As empresas afirmaram que investirão 1 bilhão de ienes, ou cerca de US$ 12 milhões, na Toyota Media Service, unidade da Toyota que leva ofertas de serviços digitais a clientes.

A unidade será focada na combinação de serviços de telecomunicações e dados para motoristas por meio de GPS, recursos multimídia e gerenciamento de energia em veículos elétricos e híbridos.

A Toyota planeja estabelecer em 2015 uma rede baseada na plataforma de computação em nuvem da Microsoft, a Azure, que permite o acesso global aos serviços digitais da Toyota.

Um dos serviços que estão sendo planejados pela Toyota irá monitorar e integrar o gasto de energia do motorista tanto em sua casa quanto no seu carro para maximizar a eficiência dos gastos.

A parceria com a Toyota é um ponto de partida para a Microsoft, que até agora focava seus esforços ligados à indústria automobilística em projetos com a Ford.

Da Reuters

Renault Fluence: mais um sedã médio para disputar o mercado


As primeiras unidades do sedã Fluence começam a chegar de verdade às concessionárias Renault. O modelo é um upgrade do Mégane, veículo que substitui, com grandes chances de incomodar os líderes Toyota Corolla e Honda Civic.

Seu motor vindo da Nissan, um 2.0 16V Hi-Flex, com potência de 140 cv (cavalos) com gasolina a 143 cv com álcool. Só no motor, o carro perdeu 38 kg em razão do emprego em profusão do alumínio em partes como bloco, cabeçote, cárter, suporte de acessórios e bomba d’água.

A inovação do cartão com sensor de presença no lugar da chave e a partida por botão permanece. Mas, em vez de um freio de mão que se assemelha a um comando de avião, uma alavanca clássica. Seu porta-malas leva 530 litros.

O carro parte de R$ 59.990 e já vem com ar-condicionado digital dual zone, direção elétrica, indicador de temperatura exterior, rádio com conexão USB e para iPod (pode tocar suas músicas pareando o Bluetooth), seis airbags (frontais, laterais e duplos de cortina), freios com sistema ABS (antitravamento) que inclui EBD (distribuidor eletrônico da frenagem) e AFU (auxílio à frenagem de urgência), sensor de chuva e acendimento dos faróis, entre outros itens.

Caso prefira o câmbio automático, é preciso desembolsar R$ 64.990. A top de linha, que só tem automático e se chama Privilége, custa R$ 75.990 e vem com acabamentos cromados no porta-malas e no farol de neblina, interior cinza escuro e claro com detalhes cromados, retrovisor eletrocrômico, ESP (controle de estabilidade), ASR (controle de tração), controlador e limitador de velocidade, sistema de som com entrada USB e iPod, GPS integrado ao painel e rodas de liga leve aro 17 (na Privilége são 16).

Como únicos opcionais, há pintura metálica (R$ 850), bancos de couro (R$ 1.800), teto solar (R$ 2.500) e, na versão top, pacote que inclui faróis de xenônio com regulagem de altura e lavador e o teto solar elétrico com sistema anti-esmagamento, por R$ 4.000. A garantia é de três anos ou 100 mil quilômetros.

Com sites especializados

Confira algumas imagens do novo Peugeot 408

Peugeot é lançado na Paraíba em grande estilo


Na noite do sábado (2) aconteceu o lançamento do Peugeot 408 em todo o Brasil e na Paraíba a nova aposta da montadora francesa já pode ser vista na Monte Carlo, em João Pessoa. O sedã vem para concorrer com os já consolidados New Civic, da Honda, e com o Corolla, da Toyotta.

Confira o vídeo feito do carro pelo blog dias antes do lançamento

Veja mais fotos do Peugeot 408

O 408, no entanto, tenta se diferenciar dos demais com o grande número de recursos tecnológico e bujingangas, ou “gatgets” como está na moda dizer. E a novidades vão desde limpadores de farol, com jatos d’água, a localizadores GPS instalados de fábrica. Entradas para dispositivos USB, p2 e tomada de 12 volts também estão presentes no belo painel com detalhes cromados.

Mas o ponto alto do modelo, que custa entre R$ 59 mil e R$ 80 mil, é o conforto. E não é só dos retrovisores rebatíveis eletronicamente que estou falando. Nem do banco com ajustes em 4 direções mais o ajuste do encosto, tudo elétrico. Também não estou falando dos sensores traseiro e dianteiro de estacionamento que ajudam a não encostar na hora de guardar o carro na garagem apertada.

O que chama a atenção são o ar-condicionado com temperaturas específicas para motorista e passageiro e o farol de Xenon direcional que se adapta à direção para onde o carro segue. Além, claro, do o grande número de funções do computador de bordo, todas ao alcance dos dedos, junto do volante.

Para quem não tem o prazer de dirigir e sentir a potência silenciosa do motor 2.0 flex, de 151 cavalos, mas tem o privilégio de ser levado no banco de trás, as saídas de ar-condicionado e o fácil acesso tanto aos objetos da mala através de uma abertura no banco, quanto aos controles dos gatgets ligados ao rádio do carro, completam o conforto do grande espaço interno.

No quesito segurança, freios ABS, até 6 airbags, e um controle de tração para pista molhada fazem do novo sedã da marca francesa um dos mais seguros do mercado. O 408, diferente do fracasso de vendas 307, é um modelo que já nasceu sedã, portanto não vem com os problemas na suspenção e freios causados pela diferença no peso da carroceria, por exemplo, dos carros hatch adaptados.

Video secreto do Peugeot 408 da Paraíba

O blog antecipa o lançamento do Peugeot 408 na Paraíba e mostra um pouco do que este novo sedã traz de novidades. As imagens abaixo foram gravadas no momento da produção de um vídeo para o Paraíba1.

Venda de carros, motos e caminhões cresce mais de 6% no primeiro trimestre

As vendas de carros, motos e caminhões cresceram 6,28% nos primeiros três meses do ano em relação ao primeiro trimestre de 2010. Segundo balanço divulgado hoje (1º) pela Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave), foram vendidas 1,29 milhão de unidades no período. Em março, foram vendidos 478,5 mil veículos, 11,29% mais que em fevereiro.

O setor de automóveis e comerciais leves teve alta de 3,63%, com a venda de 777,7 mil unidades no trimestre. Somente no mês passado, foram emplacadas 288,7 mil unidades, 11,57% a mais do que em fevereiro. A comercialização de caminhões aumentou 26,92%, totalizando 39,4 mil unidades. Em março, a evolução nas vendas foi de 14,1% em comparação com o mês anterior, com a negociação de 14,4 mil unidades.

A venda de motocicletas registrou aumento de 8,12% nos primeiros três meses, com o emplacamento de 438,6 mil unidades. Em março, foram vendidas 160,2 mil motos, 10,31% a mais que em fevereiro.

Os distribuidores de veículos mantiveram a previsão de crescimento para este ano em 5,2%.

Da Agência Brasil

Carvalho e Filhos lança o Corolla 2012

Na noite desta terça-feira (29), o empresário Geraldo Carvalho lançou na Paraíba o Novo Toyota Corolla 2012 na presença de vários convidados presentes no coquetel da concessionária Carvalho e Filhos, em João Pessoa. (Foto de Solon Lima)

Clique na imagem para ampliá-la.

Volkswagen deve ter alta de 10% nas vendas do primeiro trimestre

A Volkswagen do Brasil vai fechar o primeiro trimestre do ano com crescimento das vendas no Brasil entre 10% e 12%. De acordo com o presidente da fabricante no país, Thomas Schmall, até esta quarta-feira (23), foram vendidos 148.436 carros da marca no mercado nacional, o que representa alta de 18,8% em relação ao mesmo período do ano passado, quando foram emplacadas 124.912 unidades. Segundo o executivo, a diferença em porcentagem no fechamento do período só não será no patamar dos 18%, porque a última semana de março do ano passado corresponde ao fim do desconto sobre o IPI, quando as vendas de carros foram antecipadas.

"Esse fato distorce um pouco os números, mas de qualquer forma o crescimento é muito forte. É uma prova de que o setor no Brasil continuará em expansão mesmo sem o incentivo", avaliou Schmall, nesta quinta-feira (24), durante o lançamento do novo Jetta.

O mercado geral cresceu até 23 março 9,6%, com 683,4 mil carros emplacados. Com o desempenho acima do mercado, Schmall não esconde o sorriso. "Vendemos até agora 125.370 automóveis (aumento de 15,4%), e 23.066 comerciais leves (alta de 42%)", acrescentou. "Ganhamos entre 1,2 e 1,4 ponto percentual em participação de mercado no trimestre." A montadora fechou 2010 com 20,95% de market share. Segundo ele, o segmento de comerciais leves tende a crescer ainda mais, devido à mudança de perfil do consumidor brasileiro. "As vendas da Saveiro e da Amarok estão indo muito bem", disse.

Mesmo com a vice-liderança no Brasil, a montadora alemã não está preocupada nem com a Fiat e nem com as marcas chinesas que chegam ao país com o discurso de que vão tirar clientes "das grandes". "Market share não paga almoço. A matriz me cobra lucratividade", afirmou Schmall, que conheceu muito bem a crise que as operações brasileiras enfrentaram entre 2000 e 2006. "Naquela época tivemos que pedir dinheiro emprestado para a matriz, e estamos pagando este empréstimo e, ao mesmo tempo, fazendo novos investimentos nas fábricas e nos produtos."

Crescimento de 5% em 2011

Schmall acredita que o mercado geral de carros (automóveis e comerciais leves) fechará o ano com 3,5 milhões de unidades, aumento de 5% sobre os 3,3 milhões de carros emplacados em 2010. De acordo com o executivo, a Volkswagen do Brasil deve crescer duas vezes mais do que o mercado – 10% sobre as 697.342 unidades somadas no ano passado. A Volkswagen atribui a expansão ao aumento do portfólio. "Hoje (esta quinta-feira) lançamos o novo Jetta, por exemplo. A Volkswagen vai duplicar a quantidade de modelos disponíveis no mundo nos próximos três, quatro anos."

O presidente da Volkswagen do Brasil destacou ainda que a produção da Volks deverá fechar perto de 900 mil unidades neste ano. Tal volume inclui as unidades que serão exportadas, mas sem contar CKD (carros desmontados). Com o aumento da produtividade, novas contratações serão anunciadas ao longo do ano, mas Schmall não revelou o número de vagas.

Peugeot lança o 408 na Paraíba em abril


A Peugeot traz para o Brasil o 408, sedã médio da marca francesa que desembarca no país, importado da Argentina, na segunda quinzena de março a partir de R$ 59.500. Na Paraíba, a festa de lançamento está marcada para o próximo dia 1º

O lançamento é uma nova tentativa da fabricante para vingar no segundo maior segmento por aqui – atrás somente dos compactos – que representou 12% do total de vendas em 2010 e tem na liderança Toyota Corolla, seguido pelo Honda Civic e Chevrolet Vectra.


Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.